Notícias

Daniel Barroca - 'Uma Linha Raspada' - Vila Nova da Barquinha, Parque de Escultura Contemporânea de Almourol - Fundação EDP

Daniel Barroca
Uma Linha Raspada
14.09. 2013
Galeria do Parque, Vila Nova da Barquinha
Parque de Escultura Contemporânea de Almourol
Fundação EDP

A Galeria do Parque, em Vila Nova da Barquinha, vai inaugurar a 14 de Setembro a exposição “Uma linha raspada”, de Daniel Barroca. Esta exposição faz parte do projecto Parque de Escultura Contemporânea Almourol, uma parceria do Município da Barquinha e da Fundação EDP que reúne alguns dos nomes mais representativos da escultura contemporânea portuguesa e pretende criar naquela vila junto ao Tejo um polo artístico e cultural de referência nacional.

Nesta exposição Daniel Barroca volta uma vez mais a trabalhar a memória. “Não tanto uma memória individual mas o trabalho lento da memória colectiva; ou ainda, a recuperação, para uma dimensão consciente, dessa memória colectiva, do seu peso”, escreve João Pinharanda, comissário da exposição.

Nesta exposição, o artista trabalha um arquivo de fotografias sobre a guerra colonial retiradas de um álbum que era de seu pai. O tema permite a Daniel Barroca colocar questões “como a camaradagem e a solidão, a euforia colectiva ou o desgaste das relações humanas. E coloca-o a ele perante a luz e a sombra do seu próprio pai”, acrescenta Pinharanda.

Segundo o comissário da exposição “ Barroca reconfigura, assim, memórias pessoais e colectivas” e “ao resgatar do esquecimento cada uma destas imagens, Daniel Barroca está a reconfigurar realidades de protagonistas e de tempos passados que se sobrepõem a protagonistas e a tempos presentes – e assim tece uma complexa rede de perguntas sobre a vida e a morte, a certeza e o erro, o individual e o colectivo, a opressão e a liberdade.”

 
 
 

2015 GALERIA FERNANDO SANTOS

all rights reserved © web project see link