Notícias

turn and widen - 5th seoul bienal media art biennale

Seoul Museum of Art, Korea
11 Setembro  a 5 Novembro 2008

81 artistas de 26 países , estando Portugal representado por Cristina Mateus, participam na 5ª. Bienal Internacional de Arte Multimédia de Seoul, a par de alguns outros artistas de renome internacional como Anish Kapoor, pela Índia e Olafur Eliasson pela Dinamarca.

Esta Bienal tem vindo a ser, desde 2000, cada vez mais amplamente reconhecida não só em termos nacionais mas, e mais significativamente nos meios artísticos internacionais. Especificamente na sua 5ª. Edição, centrada na  preparação da próxima década,  e nesse sentido, com o principal objectivo de colocar questões essenciais tais como: “ O que é a arte multimédia?” “Quais as diferenças entre a arte tradicional e a arte multimédia?”  “Quais as alterações provocadas nos meios artísticos por este tipo de arte?” “ Que tipo de consequências advirão destas mudanças?”

O tema da Bienal deste ano “Turn and Widen” centra-se na enorme influência da arte multimédia na transformação e expansão da experiência estética desenhando novas formas e meios no universo artístico.

Sob o tema “Turn and Widen”, esta 5ª. Edição da Bienal divide-se em três categorias: Luz, Comunicação e Tempo.

Sob o tema da Luz, apresentam-se obras demonstrativas da forma como imagens e efeitos de luz podem ser expressos por ondas e ondulação electrónicas. Assim como obras que apresentam transformações de luz natural provocadas pela utilização de altas tecnologias.

Seguidamente, e no que concerne a Comunicação, apresentam-se obras potenciadoras de experiências estéticas que incluam os cinco sentidos e não apenas, e como habitual, a visão. Igualmente se incluem nesta categoria obras que produzem uma alteração do real através da introdução da realidade virtual.

Finalmente,  e no que diz respeito ao Tempo, apresentam-se obras que incluem movimento provocado pela utilização de  tecnologias avançadas, e igualmente peças que integram na sua génese os conceitos de mutabilidade e fluidez de imagem pela passagem do tempo. Incluem-se aqui também obras de video art  e animação que desenvolvem narrativas decorrentes da passagem do tempo.

Cristina Mateus está representada nesta Bienal com o vídeo “Conta-me coisas” apresentado na Galeria Fernando Santos em Janeiro de 2007, posteriormente na exposição inaugural da Colecção Berardo no Centro Cultural de Belém, assim como na exposição “Paisagem Contemporânea Portuguesa” apresentada no Museu Nacional Soares dos Reis, Porto em Agosto do corrente ano após apresentação em Maio na Caixa Económica Cultural no Rio de Janeiro, Brasil.

 
 
 

2015 GALERIA FERNANDO SANTOS

all rights reserved © web project see link