Exposições

João Jacinto - A chuva cai ao contrário [Fragmento]

"Chamou-se "Contos da Lua Vaga Depois da Chuva" aquele filme de Mizoguchi que a todos nos enfeitiçou, águas paradas, barcos, fantasmas, barcas deslizando em silêncio, ramos de árvores, mortos que regressam, vinganças, paixões, lagos, maldições, noites lácteas, a morte, o mal.

Também aqui, nesta estrada sem destino que João Jacinto toma, retoma, recomeça, faz, desfaz, parece que estamos depois da chuva, tudo parece ainda húmido, o silêncio é de morte, como prosaicamente se diz.

Sim, instala-se aqui um silêncio obscuro, nada vive. (...)"

(Jorge Silva Melo, Maio 2019)

 
 
 

2015 GALERIA FERNANDO SANTOS

all rights reserved © web project see link